Pimenta toma cutucão de Janja ao usar celular durante fala de Lula

A primeira-dama Janja Lula da Silva chamou a atenção do novo ministro extraordinário da Reconstrução do Rio Grande do Sul, Paulo Pimenta, durante o discurso do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em viagem ao Estado.

Foto: Folha - UOL

Foto: Folha - UOL

A primeira-dama Janja Lula da Silva chamou a atenção do novo ministro extraordinário da Reconstrução do Rio Grande do Sul, Paulo Pimenta, durante o discurso do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em viagem ao Estado. Na visita, o governo federal anunciou novas medidas de ajuda às pessoas atingidas pelas enchentes.

O ministro mexia no celular quando Janja percebeu, passou o braço por cima do presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Luis Roberto Barroso, que estava ao seu lado direito, e cutucou Pimenta. O ministro, então, guardou o aparelho e voltou a prestar atenção no presidente.

Assista ao trecho em que Janja cutuca Pimenta (55s):

Lula costuma reclamar de quem usa o celular durante reuniões ou em eventos públicos. Em julho de 2023, disse não ser um "refém" do aparelho celular e que, sempre que há uma reunião em seu gabinete no Palácio do Planalto, pede para o visitante deixar o dispositivo na entrada. Na época, o presidente disse ter se "autoeducado" para não ficar dependente.

"No meu gabinete da Presidência, ninguém entra com telefone celular. O cara marca uma coisa com o presidente e, daqui a pouco, está lá, o presidente sentado, e o cara no celular, conversando com alguém que ele não marcou audiência", afirmou. A declaração foi dada em sua extinta live semanal "Conversa com o Presidente", em que era entrevistado pelo jornalista Marcos Uchôa.